Fazer refeições com a família melhora a saúde cardiovascular de adolescentes

19576073_1372446629498539_715070973_n

O Jornal Canadense de Cardiologia publicou um estudo a respeito da influência do local onde estudantes adolescentes fazem suas refeições e o efeito em marcadores de saúde cardiovascular.

Mais de 14.000 estudantes, entre 14 e 15 anos de idade, foram entrevistados para detalhar seus hábitos alimentares (onde e com quem fazem as refeições), e tiveram sua altura, peso, circunferência abdominal, pressão arterial e colesterol medidos.

Os resultados mostraram que 8% dos adolescentes jantam com familiares somente 1 vez na semana. Quanto mais refeições feitas com familiares por semana, mais baixo foi o peso, colesterol e pressão arterial, e menor foi a circunferência da cintura. Não houve correlação entre comer em restaurantes com os marcadores de saúde citados. Ou seja, refeições com a família estiveram associadas a melhor saúde, sejam feitas em casa ou fora de casa.

O investigador principal, Michael Khoury, acredita que os alimentos consumidos pelos adolescentes quando estão sozinhos são muito diferentes daqueles consumidos quando estão comendo em família: “preparar uma refeição em conjunto com a família é diferente de um adolescente faminto chegando em casa da escola e abrindo os armários à procura de algo para comer”. O autor acrescentou que pediatras, médicos de família e outros experts há muito tempo têm defendido que toda família sente junto para as refeições, já que isso também traz outros benefícios”.

 
Fonte:

http://www.medscape.com/viewarticle/853453

http://www.onlinecjc.ca/article/S0828-282X(15)01260-X/fulltext

 


  1. No Comments


  2. Leave a Reply