Frio e ataques do coração

Em setembro, durante o Congresso Europeu de Cardiologia, o dr Marc Claeys, do Hospital Universitário Antuérpia, na Bélgica, apresentou um interessante estudo a respeito da influência da temperatura do ar na incidência de infartos do miocárdio. Para tanto, ele obteve dados semanais a respeito da internação de pacientes com infarto do miocárdio em 32 centros de tratamento belgas entre 2006 e 2009, além de dados de clima coletados por 73 estações meteorológicas naquele país, no mesmo período. Os dados meteorológicos coletados, além de temperatura, incluíram poluição do ar (número de partículas), umidade e fumaça preta. No total, foram analisados quase 16.000 casos de infarto, cerca de 77 por semana. O cruzamento dos dados mostrou que não houve relação entre incidência de infartos e umidade, ou medidas de poluição do ar. Mas, para cada 10 graus Celsius de redução na temperatura mínima, houve um aumento de 7% no número de infartos. O efeito foi constatado tanto no inverno como no verão, mas não se manteve para temperaturas abaixo de 10°C. O mecanismo proposto pelo pesquisador para explicar esta associação seria a estimulação de receptores de frio na pele, levando a um aumento de substâncias da família das catecolaminas no sangue, além de aumentar a coagulação do sangue, ambos fatores levando à formação de coágulos de sangue dentro das artérias do coração.  O dr Claeys conclui dizendo que pessoas sob mais risco de infarto, como por exemplo idosos com diabetes e hipertensão, podem reduzir o perigo evitando mudanças grandes de temperatura, através do uso de roupas adequadas quando saírem da casa para a rua, em qualquer época do ano.

Como trata-se de um estudo observacional, não podemos concluir diretamente que o frio causa os infartos, eles estão apenas associados. Por exemplo, podemos supor que nos dias frios os fumantes fumem mais, e por isso haja aumento de infartos. Ou então, nos dias frios as pessoas passam menos tempo ao ar livre se exercitando, e mais tempo dentro de casa comendo, por isso mais infartos, e assim por diante. Mas a hipótese do autor parece bastante plausível.

Fonte: European Society of Cardiology (2013, September 1). Cold weather produces more heart attacks, researchers find. ScienceDaily. Retrieved


  1. No Comments


  2. Leave a Reply