MAIS UMA BOA NOTÍCIA PARA APRECIADORES DE CAFÉ

20624362_1411683838908151_285668890_n

Um gigantesco estudo publicado no periódico Circulation traz novamente uma sugestão de benefício da ingesta regular de café. Foram estudadas 208.000 pessoas, que indicaram seu hábito de consumo de café e acompanhadas por uma média de 22 anos, período durante o qual 15% dos participantes faleceram.

O consumo total de café, cafeinado ou descafeinado, esteve ligado a uma redução de mortalidade. Comparadas às pessoas que não bebem café, quem bebia de 1 a 5 xícaras por dia morreu menos, enquanto que quem bebia mais de 5 xícaras por dia não obteve esse benefício.

Porém, quando se restringiu a análise apenas aos não fumantes, a chance de morte foi 6% menor para quem bebia menos de 1 xícara por dia, 8% menor para 1,1 a 3 xícaras/dia, 15% menor para 3,1 a 5 xícaras ao dia e 12% menor para quem bebia mais de 5 xícaras ao dia. Ou seja, quanto mais café, menos mortes.

Os efeitos benéficos foram observados tanto com café cafeinado como com café descafeinado.

Beber café esteve associado a uma redução nas mortes por doenças cardiovasculares, doenças neurológicas e suicídios. Mas beber café não alterou a chance de morte por câncer.

Apesar de este ser um estudo do tipo observacional, sujeito a erros, ele se soma a uma variedade de outros estudos recentes que mostram sempre o mesmo resultado: beber café é um hábito saudável; uma rara exceção entre tantos outros hábitos agradáveis que são associados a prejuízos para saúde.

 

Fonte:

http://circ.ahajournals.org/content/early/2015/11/10/CIRCULATIONAHA.115.017341.abstract

 

 


  1. No Comments


  2. Leave a Reply